08 dezembro 2021

Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


 

Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


Conheça agora o Museu Francisca Leirner, essa linda atração em Campos do Jordão!



Museu Francisca Leirner em Campos do Jordão


Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


O Museu Felícia Leirner é, em nossa opinião, um atrativo imperdível em campos do Jordão e que merece a sua visita! É um atrativo de baixíssimo custo e em determinados dias, a entrada é gratuita!



Felícia Leirner - Campos do Jordão



Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão



A artista Felícia Leirner nasceu em Varsóvia no ano de em 1904 e chegou  ao Brasil em 1927. Em 1962 foi residir  em Campos de Jordão. No ano de 1978 ela inaugurou o Museu Felícia Leirner e 4 anos depois concluiu sua obra para o Museu.


Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão

Muitas de suas obras foram doadas para a cidade de campos do Jordão. Ao longo de sua trajetória, Felícia foi premiada em diversas ocasiões por seus belíssimos trabalhos. A artista faleceu em 1996, aos 92 anos, em São Paulo.


Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão



Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


O Museu Felícia Leirner é um encanto de lugar para passear com toda a família, inclusive com crianças. É um museu a céu aberto imerso a uma imensa natureza.  E ainda tem "os seus combos" que merecem ser visitados, como o Auditório Claudio Santoro, a Casa do Festival de inverno de Campos do Jordão, o centro educativo.


Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


O Museu Felícia Leirner é uma instituição do Governo do Estado de São Paulo, administrada pela Secretaria de Cultura e em parceria com a ACAM Portinari.  O Museu está situado em uma área de mata com aproximadamente 35 mil metros quadrados, reunindo um acervo de 85 obras de bronze, cimento branco e granito, todos produzidos pela artista Felícia Leirner.


Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


 Tais obras encontram-se espalhadas ao longo da extensão dessa área de mata, em meio à natureza.


Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


O interessante no museu é que casa obra foi disposta seguindo uma metodologia cronológica de produção e fases da  trajetória de Felícia Leirner. Primeiramente as obras figurativas, produzidas entre 1950 e 1958. 

Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão



Logo as obras a caminho da abstração, feitas entre 1958 e 1961. As obras abstratas datadas de 1963 a 1965, as esculturas orgânicas, de 1966 a 1970, e por fim, os recortes na paisagem, feitas de 1980 a 1982.


Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão




Acervo -  Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão



Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


Segundo as informações disponíveis no Museu Felícia Leirner, seu acervo é constituído de quarenta e três esculturas de bronze, quarenta de cimento branco e duas de granito. 

Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


Como mencionado anteriormente, o acervo foi distribuído em fases da trajetória da artista, Figurativa,  A caminho da abstração, Abstrata, Orgânica e Recortes na paisagem.



Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão



Ao caminhar pelo Museu a céu aberto, é possível ver e interagir com as obras ali dispostas e imersas à linda natureza de mata atlântica. 




Museu Felícia Leirner em Campos do Jordãov






Auditório Claudio Santoro -  Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão




Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


O Auditório Claudio Santoro constitui no principal palco do maior evento da música erudita da América Latina. Seu surgimento e trajetória estão ligados ao Festival de Inverno de Campos do Jordão Dr. Luís Arrobas Martins. É um espetáculo da arquitetura e um espaço cultural que dispõe de 814 assentos, além de uma acústica impressionante. O projeto do auditório tem a autoria do arquiteto italiano Gian Carlo Gasperini, Plínio Croce e Roberto Aflalo. O projeto de acústica é de autoria de Orfeu Zamboni e Igor Srenevzky .

Em frente ao auditório se faz presente a lanchonete do espaço, muito aconchegante e que serve muitas delícias que valem a pena serem degustadas!

Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


Patrimônio Ambiental  -  Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


O Museu Felícia Leirner e o Auditório Claudio Santoro estão inseridos em uma área de relevância ambiental, uma reserva de Mata Atlântica, que abriga mais de cem espécies de plantas fanerógamas (são árvores, arbustos, ervas e epífitas como orquídeas, samambaias, bromélias e cactos). 

Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


As belas e altíssimas araucárias se fazem presentes pela extensão da reserva, embelezando o cenário daquela reserva. Algumas árvores medem aproximadamente 25 metros de altura. 

Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


Quanto à fauna, as informações dão conta de que foram identificadas pelo menos 92 espécies de aves, sendo quase 20 delas endêmicas de Mata Atlântica. Dessas destacam-se beija-flor-de-topete, tucano-do-bico-verde, saracura-do-mato, rabo-branco, tangará. Além de espécies ameaçadas de extinção como águia-cinzenta, jacu e papagaio-do-peito-roxo.


Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão
Vista para a famosa Pedra do Baú

No espaço também foram encontrados mamíferos como os lindinhos esquilos, veado, ouriço, capivara, gambás, tamanduás, gato-do-mato, jaguatirica, suçuarana e quati. Também podem ser vistos animais como anfíbios, répteis e outros invertebrados.


Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão


Considerado um patrimônio Ambiental, a ambiência é um local protegido, mas que concede o privilégio de ser visitado, desfrutado e apreciado. É um excelente local para passear e curtir a natureza de maneira consciente, respeitosa e com responsabilidade.

Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão





Informações gerais - Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão



Museu Felícia Leirner em Campos do Jordão

Entrada: R$10,00 (inteira). Para valores atualizados confira o site.
Estacionamento próprio e gratuito.
Funcionamento: Terça a Domingo das 9h as 18h.
Endereço: Av. Dr. Luís Arrobas Martins, 1880, Alto da Boa Vista.


Quanto à gratuidade da entrada, segue informações do site:


Gratuidade
Público em geral aos domingos;
Moradores de Campos do Jordão, todos os dias, mediante apresentação de documento comprobatório;
Crianças até os 10 anos de idade, mediante a apresentação do documento de identidade;
Pessoas com deficiência e o respectivo acompanhante;
Professores, coordenadores, diretores, supervisores, quadro de apoio escolar e seus familiares*, mediante a apresentação do último holerite, acompanhado de documento de identidade;
Estudantes de escolas públicas e privadas do ensino fundamental e médio, mediante a apresentação de documento comprobatório;
Associados do ICOM, mediante a apresentação da carteira da organização e do documento de identidade;
Profissionais de Museus, mediante a apresentação de documento comprobatório;
Guias de turismo, mediante apresentação de documento comprobatório;
Motorista de táxi, ônibus e van, conduzindo os visitantes;
Funcionários das Organizações Sociais gestoras de museus e programas culturais do Estado de São Paulo, mediante a apresentação de crachá ou da carteira funcional;
Funcionários da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, mediante a apresentação de crachá ou da carteira funcional;
Policiais militares, civis, técnico-científicos e seus familiares*, mediante a apresentação do último holerite, acompanhado de documento de identidade;
Portadores do “Passaporte dos Museus” (válido para 1 visita) que utilizarem o mesmo até sua data de vencimento;
Associados ao programa de parceiros, mediante apresentação da carteira de sócio.
*Serão considerados familiares, o cônjuge ou companheiro(a), os filhos e menores tutelados ou sob guarda, mediante comprovação documental. Para que os familiares tenham acesso ao benefício, é necessária a presença do titular do direito da gratuidade.




Até a próxima Expedição em Família!




  1. Sou suspeita para falar do Museu Felicia Leirner porque é um dos meus lugares favoritos em Campos do Jordão! Acho incrível a vista e a harmonia das esculturas com a natureza, adoro!

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse Museu Felícia Leiner em Campos do Jordão. Adorei a dica.

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu já estive várias vezes em Campos do Jordão e não conhecia esse museu, confesso que achei super legal essa ideia de ter esculturas conectadas com a Natureza, surpreendente

    ResponderExcluir
  4. Que obras lindas, eu não conhecia essa artista plástica. Da próxima vez que eu for a Campos do Jordão, faço questão de conhecer o museu Felicia Leirner. Valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  5. Já estive em Campos do Jordão e não conhecia esse espaço cultural. Lembra o Inhotim de Brumadinho/MG. Quando voltar a essa encantadora cidade, conhecerei esse museu. Parabéns pela dica.

    ResponderExcluir
  6. Quando fui com meus pais quando criança eu não sabia da existência desse museu Felícia Leiner em Campos do Jordão. Provavelmente havia sido inaugurado a apenas uns 5 anos antes. É vergonhoso pensar que já fazem mais de 30 anos que eu fui e ainda não voltei pra conhecer as maravilhas dessa cidade linda que está tão próxima da capital.

    ResponderExcluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search