27 junho 2019

Belo Horizonte - Passeio pelos Parques e Praças (Parte 2)

 Praça Marechal Floriano Peixoto de Belo Horizonte


Dando seguimento ao nosso projeto Dicas de Passeio em BH cm crianças, hoje mostraremos diversas opções GRATUITAS por mais parquinhos e pracinhas na capital mineira. vale destacar que muitos desses parques e praças, foram áreas poluídas com esgoto, depósito de lixões, mas com a revitalização, elas foram transformadas em grandes áreas verdes. Esses espaços são exemplos de ações de preservação do Meio Ambiente e o uso consciente dos espaços públicos, promovendo um Turismo Ecológico, Sustentável e Responsável.

Passeio pelos parques e praças - Praça Marechal Floriano Peixoto de Belo Horizonte


Você sabia que a Praça Marechal Floriano Peixoto e o edifício da Polícia Militar, situados no bairro Santa Efigênia, fazem parte de um conjunto arquitetônico e paisagístico tombado pelo Estado de Minas Gerais em 1984? O Quartel foi edificado em 1897 e, desde 1902 já havia comentários de que dispunha de grande valor artístico-arquitetônico, capaz de superar o quartel do Rio de Janeiro.
Brinquedos da Praça Floriano Peixoto 

A pracinha está situada à frente do Quartel, separada pela Rua Domingos Vieira, toda ajardinada com largos calçamentos. Ela é ponto de encontro das pessoas. Famílias se reúnem no espaço com os filhos, fazem piquenique. Crianças brincam no parquinho disponível, adultos fazem ginástica nos equipamentos, outros jogam bola e variados artistas se apresentam, entretendo os presentes. A Praça é um dos espaços de lazer de BH que os pais podem, durante todo ano, levar as crianças para passear. Durante o período de férias escolar há também diversas programações gratuitas no local. 
Brinquedos da Praça Floriano Peixoto

Passeio pelos parques e praças - Parque Cássia Eller de Belo Horizonte

O Parque Cássia Eller é mais uma das opções de lazer que destacamos. Situado no bairro Castelo, ele é ainda muito pouco conhecido pelos belohorizontinos. Só tenho a dizer que ele é um dos parques mais belos da cidade. Até poucos anos, esse parque fazia parte de um condomínio, mas se tornou independente, sendo entregue à população. Seu nome é em homenagem à cantora que residiu em BH por um período durante a infância. Ele possui uma ampla extensão territorial, 28 mil m2, cercado por bastante vegetação, passarinhos, belos jardins muito bem conservados e árvores altas que possibilitam extensas áreas sombreadas.
Parque Cássia Eller

Estivemos por lá com nossa filha bem no meio do dia, mas, devido a toda a sua vegetação, a temperatura era baixa, extremamente fresca e agradável para os piqueniques, tirar uma soneca no gramado, realizar brincadeiras e demais atividades ao ar livre. Lá é possível praticar caminhada nas pistas, demais atividades físicas e jogar bola na quadra esportiva. Mas NÃO pode andar de bicicleta. As crianças ainda podem se divertir nos brinquedos dos parquinhos. No parque há ainda banheiros e bebedouro. É, portanto, um excelente e imperdível espaço de lazer ao ar livre para passar tempo e entreter os filhos durante as férias.

Parque Cássia Eller 

Passeio pelos parques e praças - Praça da Assembléia de Belo Horizonte

A Praça da Assembléia é mais um excelente espaço de lazer. Você sabia que em 1895, na planta original da Nova Capital de Minas, a Praça já estava prevista, mas com o nome de Praça da Federação? Entretanto, ela só aparece concretizada na Relação dos Logradouros Públicos de 1944 com o nome atual, Praça Carlos Chagas. Mesmo assim, ela era uma grande área descampada. E isso se manteve até o final da década de 1960.


Brinquedos da Praça da Assembleia

No ano de 1972, o edifício da Assembleia Legislativa de MG foi inaugurado e a praça foi popularmente denominada de Praça da Assembleia. A partir desse momento, ela passou por diversos processos de revitalização, chegando ao belo aspecto que hoje apresenta. A Praça Carlos Chagas ocupa uma grande área e em seu espaço há os jardins, o coreto, e a Igreja de Nossa Senhora de Fátima. Por meio do projeto paisagístico de Burle Marx, ela foi considerada a segunda maior praça da cidade. 

A Praça da Assembleia é um espaço de lazer e entretenimento para crianças e adultos. Ela também possui diversos brinquedos separados por faixa etária e academia ao ar livre. É espaço também para eventos, muitos deles voltados para a criançada. Ademais, devido a sua grande extensão de área livre, crianças, adolescentes e adultos aproveitam para andar de bicicleta, patinete, patins. Por ser arborizada, muitas pessoas descansam e passam tempo em suas áreas sombreadas. Há ainda bebedouro disponível para a população.



Passeio pelos parques e praças - Parquinho da Avenida José Cândido da Silveira de Belo Horizonte

Parque Linear da avenida José Cândido

Esse bicho da foto tem o Parquinho da Avenida José Cândido da Silveira, no bairro União/Cidade Nova, como a sua morada. Segundo consta, ele foi criado em 2006 com o intuito de preservar uma grande área verde de grande importância ambiental para a comunidade local. No canteiro central, além de muitas áreas sombreadas pelas árvores, há diversos brinquedos e equipamentos de ginástica, pistas para caminhadas, passeios de patins, patinetes e bicicletas. Aos domingos, uma das pistas da avenida é fechada ao trânsito de carros, favorecendo uma ambiência ainda maior de passeio para crianças e adultos. 

Passeio pelos parques e praças - Parque da Matinha de Belo Horizonte

Em frente ao Parquinho da Avenida José Cândido da Silveira, está mais uma opção de passeio, o Parque da Matinha, inaugurado em 1991. Também criado através de uma solicitação da comunidade para a preservação, a área possui cerca de 15.700m2. A mata, que cobre quase toda a sua área, possui espécies como embaúba, jatobá da mata, pau de jangada, além de jequitibá e cedro. Tal vegetação favorece uma grande área sombreada e um clima bem fresco. Entre os animais há diversas aves como sabiás, saíra e jacupeba, micos, gambás. No parquinho há brinquedos, mesas com tabuleiro de jogos, banquinhos e uma pequena área de caminhada. É possível ainda brincar de bola, andar de bicicleta, patins, skates e fazer piqueniques. Em nossa opinião,  ele precisa de cuidados em sua infraestrutura.

Parque da Matinha

Passeio pelos parques e praças - Parque Municipal Jacques Cousteau de Belo Horizonte

E dá para imaginar que esse lugar onde brinca nossa mascota, o Parque Municipal Jacques Cousteau, foi um lixão previsto na construção da Nova Capital de Minas?! No projeto da construção de Belo Horizonte, essa seria a área conhecida como Várzea do Felicíssimo, antiga Fazenda do Cercado, situada onde hoje é o bairro Betânia. 



O lixo começou a ser jogado em 1951, mas em 1971 o lixão foi desativado e a área foi transformada no Parque Municipal da Vila Betânia. Desde então, o local foi destinado à produção de mudas para a ornamentação de canteiros, vias e jardins de BH. O parque foi implantado somente em 1999 com o nome atual e apresenta uma cobertura vegetal de porte arbóreo, destacando espécies ornamentais e frutíferas. Entre os animais que podem ser vistos por lá estão as aves como sabiás e saracuras; mamíferos, como mico-estrela, esquilos e gambás; anfíbios e répteis. A ambiência possui também nascentes e cursos d’água perenes. 

O parque oferece diferentes brinquedos às crianças, trilhas ecológicas, equipamentos de ginástica, além de espaços para contemplação, piquenique, soltar papagaio SEM fios cortantes, andar de bicicleta, patinete e jogar bola.
Há quem utilize o espaço para comemorações de aniversário, devidamente autorizadas pela administração municipal. Gostamos muito do Parque. Ele é bem fresco e minha filha se divertiu bastante com os brinquedos. Há toda infraestrutura como banheiro e bebedouros.

Passeio pelos parques e praças - Parque Municipal Professor Marcos Mazzoni de Belo Horizonte

Outro espaço de lazer lindíssimo que levei filha foi o Parque Municipal Professor Marcos Mazzoni, comumente chamado Parque da Cidade Nova. Ele foi inaugurado em 1990 devido a um movimento da comunidade local. Em sua cobertura vegetal se encontra gramíneas, espécies ornamentais, árvores frutíferas, e outras como sucupira do cerrado, pimenta-de-macaco e ipês. Em meio a essa composição arbórea, é possível encontrar muitas aves como bem-te-vi e rolinha. 

Parque Professor Marcos Mazzoni

Por ter muitas árvores, sua área sombreada é extensa, onde sempre estendemos uma toalha e nos assentamos para  fazer nossos piqueniques e bater papo, contemplar a natureza, enquanto minha filha brinca nos brinquedos. E por falar nisso, além dos brinquedos destinados às crianças, o parque dispõe de teatro de arena e aparelhos de ginástica, banheiro e bebedouro. Em sua área as crianças ainda podem jogar bola andar de bicicleta, andar de patins, patinetes e soltar papagaio SEM fios cortantes. Escolas da região se reúnem lá para realizar algumas de suas atividades. Ali acontece ainda comemoração de aniversários, diferentes eventos culturais gratuitos, devidamente autorizados pela administração municipal.

Brinquedos do Parque do Cidade Nova

Passeio pelos parques e praças - Parque Orlando de Carvalho Silveira de Belo Horizonte

O Parque Orlando de Carvalho Silveira foi implantado em 1996 no bairro da Graça por  meio do Programa Parque Preservado. Ele ficou conhecido como Morro do Bolo de Noiva devido ao fato de ter sido um morro, oriundo de terraplanagem, que se destacava por sua elevada altura, muitas vezes com competindo com a altura dos prédios vizinhos. Em sua área há sua vegetação composta por gramíneas e espécies ornamentais, além de espécies arbóreas como caviúna, ipê, ingá. Dentre os animais que podemos ver por lá estão, calangos, gambás e aves como pardais, gaviões. 

Parque Orlando de Carvalho Silveira


Para entreter a população, o parque dispõe de brinquedos para crianças de até 6 anos, equipamentos de ginástica, áreas de socialização com mesas e bancos, espaço para andar de bicicleta, patinete, fazer piquenique, soltar papagaio SEM fios cortantes. Quando estivemos por lá, num domingo de manhã, havia pessoas fazendo diferentes atividades físicas e treinamento para competições. Nossa filha se diverte muito no espaço e nós contemplamos e muito a vista panorâmica que de lá se vê! Há infraestrutura com bebedouros e banheiros em bom estado de conservação!

Gostaram das dicas?!
Aguardem o próximo post da série de Passeios em BH com crianças para mais dicas!!! 
Até  a próxima Expedição em Família!!
  1. Bora programar as férias, pessoal! 👏🏼👏🏼👏🏼

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o texto de vcs. Obrigada por me apresentar mais opções de lazer. Alguns eu já conhecia. Outros não. Gostei demais de saber da existência do Parque Cássia Eller e do Parque Jacques Cousteau. Não os conhecia. Lindas fotos. Hoje me inscrevi no canal Youtube de vocês. Vi todos os vídeos, gostei de tudo. Que trabalho legal e de utilidade pública vocês estão prestando a nós. Muito obrigada! Quando sai o próximo post?! Ansiosa!!!😍😍😍

    ResponderExcluir
  3. Thaís Saade M Iannotta27 de junho de 2019 14:59

    Estou adorando todas as dicas!! Muitas, eu não conhecia!

    ResponderExcluir
  4. Agradecemos muitíssimo. Como nos alegra ler isso, de verdade! Estamos trabalhando muito, com muito amor, dedicação e muito estudo pra que possamos compartilhar dicas muito bacanas! Muito gratos somos!! 😍😍

    ResponderExcluir
  5. Wow!! Stefania, que delícia. Serão férias bem aproveitadas👏👏👏👏👏😍😍😍

    ResponderExcluir
  6. Que bom ler isso Thaís. Muito obrigada!!!!👏👏👏👏😁😁😁😁

    ResponderExcluir
  7. Gostei. Muito boas as dicas.

    ResponderExcluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search